Um pouco sobre filmes

by lsilvestref

Sou meio que uma “viciadinha” em filmes. Vejo filme estudando, escutando musica, dormindo (se duvidar), no dentista, no carro, etc.

Ai, devido a isso, vou falar um pouco sobre alguns dos meus – muitos – filmes favoritos. Claro que eu queria fazer um post com TODOS, mas são mais de 100 e olhe lá. Então, vou começar por alguns.

 

Paranoia

2 motivos por qual eu sou tipo, fã numero 1 desse filme

1 – Shia Labeouf. Quem me conhece, sabe que eu sou extremamente apaixonada por ele! Um dos meus atores preferidos, e um dos homens mais perfeito (na minha visão).

2 – a história é muito boa, e eu me “identifico” com o filme! Eu já não consigo olhar pro filme do mesmo modo que antes por que esse filme lançou em 2007 e desde lá acho que já vi mais de 500 VEZES SEM DUVIDAS (na antiga locadora, ate 2010 já tinha locado 128 vezes, tirando quando eu via pelo PC e pelo TC). Devido a isso, a história fica meio “repetitiva” pra mim, mas pra quem vai ver pela primeira vez vai ser tipo, iradão.

Enfim, o filme conta a história de Kale Brecht, um adolescente que vive atormentado devido à morte de seu pai. Após ter um surto de fúria na escola e espancado seu professor de Espanhol , ele é condenado a passar 90 dias em prisão domiciliar. Sem ter nada o que fazer dentro de casa, ele gasta seu tempo observando o que acontece na vizinhança através da janela junto com seus amigos Ashley e Ronnie. Nessas observações, os garotos começam a desconfiar de que um de seus vizinhos seja um assassino em série e então começam a investigar sobre isso, mas essa investigação acabará se tornando mais misteriosa e perigosa do eles pensavam.

 

Dirty Dancing

Quem me conhece também sabe que eu tenho um “abismo” desde sempre pelo Patrick Swayze (f) e por filmes mais velhos. Patrick, especialmente nesse filme, deixa qualquer mulher BABANDO por ele (e esse jeitinho dele de dançar que não é nada mal). Esse filme eu já vi a muito tempo, já que minha mãe é viciada também e não parou de ver desde que viu pela primeira vez aos seus 16 anos.

Enfim, a história se foca em Frances Houseman, conhecida como Baby, que está passando férias com a família num resort. Um dia, ajudando Bob a carregar melancias, ela descobre onde os funcionários do hotel se divertem e dançam. Lá conhece Johnny Castle, o instrutor de dança e acaba se apaixonando por ele. Quando Penny, a parceira de dança de Johnny, fica grávida ao se envolver com um dos garçons, ela pede a Baby que dance em seu lugar. Mas o pai de Baby não aprova, pois considera Johnny um irresponsável por, supostamente, ter engravidado Penny e pedido que fizesse um aborto.

(Amo/sou essa musica desse vídeo daí de baixo)

 

E esse vídeo daqui de baixo é o final, em que eu sempre choro! Quem não quiser saber o final, não veja, mas é LINDO!

 

O senhor dos anéis

Quem nunca ouviu falar? Pois é, por isso nem tenho muito o que falar! Eu e minha Irma somos fãs de carteirinha dessa trilogia.

Na primeira parte da trilogia do Senhor dos Anéis, A Sociedade do Anel, o jovem e tímido hobbit Frodo Bolseiro herda um anel, mas não se trata de um mero enfeite. É o Um Anel, instrumento que confere poder absoluto a quem o possuir e que permitiria a Sauron, o malévolo Senhor de Mordor, dominar a Terra-média e escravizar seus povos. Frodo, juntamente com a leal Sociedade de hobbits, homens, um mago, um anão e um elfo, deve conduzir o Um Anel através da Terra-média até as Fendas da Perdição, onde foi forjado, e destruí-lo para sempre. Tal jornada implica aventurarem-se em território do domínio de Sauron, o Senhor da Escuridão, onde ele está reunindo seu exército de orcs. E não são só os inimigos externos que a Sociedade terá de combater, há ainda as divergências internas e a influência corruptora do próprio Um Anel. O curso da História dependerá do destino da Sociedade.

 

Quebrando regras

Outro filme que eu não tenho muito o que falar, por que definitivamente me deixa “agitada”! É daqueles filme em que, na cena final, você fica de pé se “contorcendo”, gritando, fazendo movimentos de luta e etc.

Jake Tyler nunca vai atrás de problema, mas os problemas sempre o encontram, sobretudo desde a morte de seu pai. Assim que se muda de sua tranqüila cidade em Iowa para o agito de Orlando, Jake tem de enfrentar um terreno ainda mais problemático ao ser incluído em uma liga de luta underground – um tipo de clube de luta para adolescentes. Com a ajuda de seus novos amigos, Jake consegue sobreviver ao caos, mas assim que pensa estar sob controle, seu mundo vira de ponta cabeça novamente, devido a uma incansável campanha para levá-lo de volta ao ringue. Agora, com a segurança de sua família e seus amigos em jogo, Jake tem apenas uma opção: Não desistir. Nunca.

 

Deixei por ultimo o meu filme favorito e que, por incrível que pareça, já vi mais vezes que paranoia!

Busca Implacável

Se eu for falar desse filme, vou fazer um post todo só sobre ele. Amo o filme, amo o Liam Neeson, amo o roteiro, amo o fim. Vou deixar que a sinopse e o trailer falem por mim.

Bryan Mills é um ex-agente do governo, que deixou o emprego para que pudesse passar mais tempo com Kim, a filha que teve com sua ex-esposa Lenore. Ele passa então a trabalhar com antigos colegas, realizando serviços leves de segurança particular. Um dia Kim pede ao pai autorização para que viaje a Paris com uma amiga, a qual é negada pelo fato de que Bryan sabe bem os perigos que ela correria em um país estranho. Isto não a impede, fazendo a viagem assim mesmo. Só que o temor de Bryan se concretiza, já que logo após a chegada Kim e sua amiga desaparecem.

 

Enfim, aqui foram só alguns. Depois coloco mais outra indicações.