Séries (parte 1)

by lsilvestref

Olá! Ontem fiz um post sobre alguns seriados, mas pensei melhor e decidi dividir meus seriados por gênero, ou algo que eles tenham em comum. Vou começar hoje a falar sobre 4 seriados que eu vejo que se focam na vida de adolescentes/adultos, no dia-a-dia deles, etc.

 

One tree Hill

Acredito que todos saibam sobre meu vicio em Dexter. Pois é, para vocês terem noção do quanto eu AMO One tree Hill, ela divide o “posto” – com Dexter – de 1 lugar em minhas series favoritas. Vocês devem notar que ela é boa pelo simples fato de ter 9 temporadas, e que não são NEM UM POUCO cansativas (vi quase todas em 1 mês).

Ahh, o que me fez me apaixonar mais por OTH foi a trilha sonora, em que MEU AMOR toca o tema de abertura! Haha

Só pra ficar de aviso, MORRO de ciúmes da série! (Principalmente do Michael Murray, James Lafferty, Austin Nichols e Robert Buckley)

A única coisa que me “decepcionou” foi a saída do Michael e Da Hilarie na sexta temporada, mas o resto compensa!

Enfim, vamos ao que interessa.

A história (pelo menos no inicio do seriado) gira em torno de Lucas Scott, um jovem de 16 anos que sonha em ser jogador de basquete. Vive com a mãe, Karen, e é meio-irmão de Nathan Scott. Seu “pai”, Dan, nunca o aceitou como filho, assim sendo criado pela mãe, e pelo seu tio Keith (irmão de Dan). Ao ser convidado para se juntar aos Ravens, time de basquete da Tree Hill High, escola onde estuda, Lucas tem de lidar com a pressão do pai e o temperamento forte do irmão Nathan. Além disso, ele se apaixona por Peyton, namorada do meio irmão e líder de torcida dos Ravens. Para piorar, Brooke (melhor amida da Peyton) se apaixona pelo Lucas. Nathan usa Hayley❤❤❤ (melhor amiga do Lucas), pra atingir ele. Mas o plano dele dá meio que errado e ele se apaixona por ela. Lutando pela aceitação do pai e enfrentando brigas com o irmão, Lucas tem de equilibrar sua vida emocional com o basquete.

Ao longo das temporadas, One Tree Hill ganha alguns saltos no tempo e muda seu foco. A série deixa de ser considerada teen na quarta temporada, quando a temática sobre o basquete e problemas adolescentes diminuem.

 

90210

É uma série que tem como base a antiga série (dos anos 90) beverly hills, 90210.

(Morro de ciúmes também do Matt Lanter, então tirem o olho hahahhaha)

É simplesmente FANTASTICA! Igualmente a one tree Hill, a série vai mudando o foco, mas inicialmente a série é “passada” através dos olhos de Annie Wilson e seu irmão Dixon, cujo primeiro dia em West Beverly Hills High School não deixa dúvidas de que não estão mais no Kansas. A família Wilson, incluindo o pai Harry e a mãe Debbie, se mudam para Beverly Hills para ficar de olho na mãe de Harry, Tabitha, uma estrela de televisão mal-humorada e alcoólotra e ex-membro fundador da Clínica Betty Ford. Para Annie e Dixon, o constrangimento de serem os novos garotos é agravado pelo fato de que seu pai se tornou diretor do mais famoso colégio de Bervely Hills, o West Bervely. A escola é um grande choque cultural para Annie, uma menina doce e simpática, com uma paixão pelo teatro, e Dixon, um atleta estudioso que foi adotado pela família Wilson. Annie e Dixon têm uma relação estreita entre irmãos, o que eles precisam ajudá-los a lidar com todas as panelinhas e novos colegas, incluindo Naomi, uma menina sensual, rica e mimada, Ethan (só ficou na 1 temporada), um atleta popular, Navid, um aspirante a jornalista que comanda o noticiário diário da escola, e Silver, uma rebelde que produz uma série de vídeos constrangedores em seu blog. No colégio trabalham, o inteligente e engraçado professor Ryan Matthews e a bela educadora e conselheira Kelly Taylor. A família Wilson está apenas começando a perceber o quanto suas vidas estão prestes a mudar.

 

The O.C

Aqui pra nós: a série mais “perfeita” e que tinha tudo pra dar certo e ter um “final” feliz. Quem nunca ouviu falar de the o.c? É perfeita, e se me perguntarem se eu tenho ciúmes, tenho sim! Da série e dos quatro atores principais, Mischa Barton, Adam Brody, Benjamin McKenzie e Rachel Bilson!

A série gira em torno de Ryan Atwood (apaixonadíssima pelo jeito badboy dele), um adolescente problemático que sempre se mete em roubadas (por causa do irmão), que, ao chegar em Orange County com  Sandy Cohen, um advogado público idealista que evita que Ryan vá para a prisão, convida-o para viver em sua mansão (devido ao fato de Sandy se identificar com Ryan na sua adolescência).

Kirsten, a esposa “perfeita” de Sandy, não fica feliz com a mudança de Ryan para a sua casa. Sua maior preocupação é que o comportamento de Ryan afete seu único filho, o adolescente Seth Cohen (apaixonadíssima pelo jeito “leso” dele), um sonhador ingênuo e apaixonado pela colega de escola Summer, uma popular patricinha que no começo da temporada se interessa por Ryan, mas depois se apaixona pelo sarcástico Seth.

Enquanto isso, Marissa Cooper, a garota da casa ao lado dos Cohen e melhor amiga de Summer Roberts, namora o atleta de pólo aquático da escola Luke Ward (um garoto que a trai o tempo todo) e vive num mundo de fantasia e luxo. Até que seu pai, Jimmy Cooper, se envolve em um escândalo financeiro e perde todo o dinheiro da família. O mundo idealizado por Marissa cai em ruínas e sua mãe, Julie Cooper, uma mulher interesseira que só pensa em dinheiro, se encarrega de separar a família, que até então parecia “perfeita”.

Depois de Ryan conhecer o lugar que iria “passar o final de semana”, ele conhece Marissa, que o convida para um desfile e depois para uma festa na casa de sua outra amiga, Holly. É neste ponto que Ryan se encontra pela segunda vez com Luke (sendo a primeira quando conheceu Marissa), batendo em seu “irmão” Seth, e os dois se metem em uma luta, por esse e outros motivos, Ryan vira o maior inimigo de Luke, diminuindo menos ainda a chance de Ryan virar “amigo” de Marissa.

 

Skins

Essa série é dividida em 3 gerações (1 e 2 temporada = 1 geração; 3 e 4 temporada = 2 geração; 5 temporada = 3 geração)

É  muito boa, fala sobre a vida dos adolescentes britânicos! A única coisa ruim é que, logo quando você tá se apegando aos personagens, eles mudam. E outra coisa que eu não gosto muito, é que o final de casa geração é muito amplo. Mas a série te envolve, vale a pena assistir! Não tenho muito o que falar por que é basicamente isso, e são 3 histórias diferentes em uma série.

(Sou apaixonada por 2 atores da 1 geração, Nicholas Hoult e Mitch Hewer)

 

Espero que tenham gostado, e eu não consegui achar trailers muito bons, então… Mais um motivo pra vocês verem essas séries! Haha Depois tem mais =)